sábado, 9 de janeiro de 2010

Ficção Policial I - Janwillem van de Wetering

Considero um certo tipo de ficção policial muito especial. São aqueles livros que transitam em um universo de ruas, de pessoas, comuns , do cotidiano. Por isso tão reais e tão próximos a nós . Nesta série de posts coloquei alguns autores desse gênero que foram pra mim maravilhosos e apaixonantes.


                                           

Um deles foi Janwillem van de Wetering , o autor de uma série de obras em Inglês e Holandês. Criou as personagens que atuam em vários livros o Detetive de Gier e o Detetive-Auxiliar Grijpstra. Suas histórias se passam na Holanda, algumas nas ruas de Amsterdan. Não temos muitos livros editados no Brasil uma vez que sua obra é muito extensa. Mas podemos encontrar nos melhores sebos algumas de seus livros como O cadáver no Dique, Assassinato em Amsterdã ou a Bruxa de Amsterdã. A força de sua obra é rica em razão das experiências do próprio autor. Foi um membro da Polícia Especial de Amsterdã. Alem de viver na Holanda morou também na Africa do Sul, Japão, Londres, Colômbia, Peru, Austrália. Seus livros também sofreram a influencia de suas experiências em um mosteiro Zen Budista.Vale a pena conhecer também a biografia deste interessante autor.




Nenhum comentário:

Postar um comentário