domingo, 22 de abril de 2012

Begin Anywhere: Um século de John Cage



O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro apresenta a exposição Begin Anywhere: Um Século de John Cage de 28 de abril a 20 de maio de 2012. Ele foi um dos expoentes das vanguardas artísticas do século 20.O MAM se integra a diversos Museus e Centros Culturais ao redor do Mundo que este ano prestam homenagem a John Cage.

John Cage foi um compositor americano, escritor, filósofo e artista (morreu em 1992 aos 80 anos de idade).Foi pioneiro em uma nova abordagem da música, buscando uma não-padronização musical dos instrumentos. Trabalhou também com música eletroacústica.Teve professores conhecidos por inovações radicais na música como Henry Cowel e Arnold Schoenberg. Seu trabalho sofreu forte influência de seus estudos sobre várias culturas do oriente, como o Zen Budismo, o I Ching.

Outro aspecto importante da poética de John Cage são as partituras gráficas que desenvolveu ao longo de seu processo criativo. Conduzindo a uma nova notação musical e buscando uma abertura para os sons do meio ambiente.


 

Quanto ao trabalho gráfico de Cage este consiste principalmente em obras sobre Papel. Ele trabalhou com gravuras a partir de 1978 durante um período de 15 anos. Encontramos no decorrer de sua carreira desenhos em papel e também aquarelas. Ele também trabalhou com litografia com papéis feitos à mão. Suas gravuras, desenhos e aquarelas estão nas coleções de grandes museus como o Museu de Arte Moderna de Nova York, o Stedelijk Museum em Amesterdão, e o Frankfurter Kunstverein em Frankfurt, Alemanha. 

 

Além das partituras de John Cage, estarão nove obras pertencentes ao acervo do MAM Rio, dos artistas Josef Albers (Bottrop, Alemanha, 1888 - New Haven, EUA, 1976); Joseph Beuys (Kleve, 1921 - Dusseldorf, Alemanha, 1986); Jackson Pollock (Cody/Wyoming, 1912 - Nova York, EUA, 1956); Robert Rauschenberg (Port Arthur/Texas, EUA, 1925); Mira Schendel (Zurique, Suíça, 1919 - São Paulo SP, Brasil, 1988); Guilherme Vaz (Brasil); Paulo Vivacqua (Vitória ES, Brasil, 1971) e Wolf Vostell (Leverkusen, 1932 - Berlim, Alemanha, 1998).

No dia 12 de maio, às 17h, será realizada uma performance com obras do compositor, com a curadora Vera Terra e convidados. 


Um comentário:





  1. Na página de John Cage você mostra uma obra de arte com quatro G-cleffs musicais em preto, branco e cinza. Quem é o artista que criou isso? (Eu acho que é Josef Albers.) (Traduzido do Inglês via Google.)

    ResponderExcluir