terça-feira, 12 de junho de 2012

Philippe Halsman - Fotógrafo

Aldous Huxley
"Quando você pede a uma pessoa para pular, sua atenção está principalmente voltada para o ato do salto, e ali cai a máscara, para que a pessoa real aparece. “
- Phillippe Halsman




 Salvador Dalí
Dalí e Gala

Dalí Atomicus


Ballet on Beach

Bobby Kennedy

Marlon Brando

Brigitte Bardot

Em 1947 a mais famosa de suas fotos, Albert Einstein.
Marilyn como Mao
Marilyn Monroe

Sofia Loren

Grace Kelly








 Halsman
Halsman
Família de Halsman


Philippe Halsman (02 de maio de 1906 Riga, Letónia - 25 de junho de 1979 Nova York) . Nasceu em uma família judia de Max Halsman, um dentista, e Grintuch Ita, uma diretora de escola primária.

Em setembro de 1928, seu pai morre de ferimentos graves na cabeça durante uma caminhada pelos Alpes . As circunstâncias nunca foram completamente esclarecidas e Halsman foi sentenciado a quatro anos de prisão. O caso provocou propaganda antijudaica e, assim, ganhou notoriedade internacional, e Albert Einstein e Thomas Mann escreveram em apoio a Halsman.
 Halsman foi solto em 1931, sob a condição de deixar a Áustria e nunca mais voltar.
Halsman estudou engenharia elétrica em Dresden, que logo abandonou para se dedicar a  fotografia em Paris, em 1931. Ele começou a contribuir para revistas de moda como Vogue e logo ganhou reputação como um dos melhores fotógrafos de retrato na França conhecido por suas imagens nítidas e escuras.

Quando a França foi invadida, Halsman fugiu para Marselha e, finalmente, conseguiu obter um visto para os EUA, auxiliado por um amigo da família, Albert Einstein.

Ele teve seu primeiro sucesso quando a empresa de cosméticos Elizabeth Arden usou a imagem de Halsman de modelo Constance Ford contra a bandeira americana em uma campanha publicitária para o batom "Victory Red".
Um ano depois, em 1942, ele começou a trabalhar para a revista Life.
 Halsman foi contratado pela NBC para fotografar vários comediantes populares da época, incluindo Milton Berle, Sid Caesar, Groucho Marx e Bob Hope.

Nenhum comentário:

Postar um comentário