quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Exposição Xilogravuras - Adir Botelho na Caixa Cultural






"Barbárie e Espanto em Canudos" é o nome da exposição de xilogravuras e desenhos em carvão de Adir Botelho que a Caixa Cultural do Rio apresenta.  São 120 xilogravuras e 22 desenhos em carvão que demonstram de forma expressiva um dos eventos marcantes da história brasileira o Conflito de Canudos (novembro de 1896 a outubro de 1897). O conflito de Canudos ficou marcado pela brutalidade da ação das forças militares convocadas pelo governo da Bahia,com o apoio dos grandes latifundiários. Nessa ação ninguém foi poupado -  crianças, velhos, mulheres enfim toda população de Canudos foi exterminada. Adir Botelho foi discípulo primeiramente de Raimundo Cela com quem começou a gravar em 1951 e depois foi assistente de Oswaldo Goeldi. Com a morte de Goeldi passou a substituí-lo na cátedra de gravura da EBA/UFRJ.
Caixa Cultural Rio de Janeiro – de 17 de setembro a 11 de novembro de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário