terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Gravura - Rubem Grilo


 As xilogravuras de Rubem Grilo possuem uma grande “impacto”. Acompanhar e embrenhar o pensamento no emaranhado de linhas que compõe alguns de seus trabalhos é uma experiência enriquecedora.
Rubem Grilo é mineiro, de Pouso Alegre. Começou suas primeiras gravuras em 1971. Trabalhou para diversos jornais entre 1973 e 1985. A partir daí focou seu interesse em sua obra tendo realizado exposições no Brasil e no exterior. Participou da Bienal de São Paulo em 1985 e 1998. Recebeu diversos prêmios por sua obra.





"Na imprensa, sempre havia um tema proposto, um desafio que vinha de fora. Eu quis desenvolver um trabalho de dentro. O jornal foi meu tempo de formação. Queria firmar uma certeza, ganhar convicção. O trabalho era raivoso, e eu era raivoso comigo também. O período posterior foi de transformação. Saí das gravuras grandes, que tinham uma temática mais dramática, e caí em algo mais poético. É uma exposição de um ciclo de trabalho, de um processo mais autônomo de linguagem"

Um comentário: