quinta-feira, 19 de maio de 2011

Wallace Berman


Wallace Berman - Nova York -1926-1976
Colagens de imagens, uma obra poética, imagens do inconsciente, cabala, misticismo, pornografia, jogadores de futebol, astronautas, letras hebraicas, zines, filmes, desenho, escultura, astrologia, drogas psicodélicas. Berman documentou a cultura Beat e o começo da era hippie no sul da Califórnia.

Um artista visual, por excelência, da geração beat, Wallace Berman trabalhou com relativa obscuridade até sua morte prematura, com 50 anos de idade, em 1976. Ele era a figura central e obrigatória em uma comunidade diversificada de artistas, poetas, atores e músicos, e foi reverenciado por sua inteligencia, bem como suas realizações como artista, editor e cineasta. No entanto, até a descoberta em 1999 de um arquivo de seus negativos fotográficos, muito poucas pessoas sabem que Berman também era um fotógrafo muito talentoso. Ele documentou a cultura beat West Coast dos anos 50, os primeiros movimentos da cultura hippie que se enraizou nos cânions do sul da Califórnia na década de 60 e o elenco diversificado de personagens que passaram pela seu mundo criativo.



















Berman tinha um fascínio pelas formas das letras hebraicas em vitrines e jornais de lingua ídiche onde viveu no bairro judeu, Boyle Heights, Los Angeles.


Wallace aparece na capa dos Beatles - nr 23 :
http://rabiscosdabere.blogspot.com/2010/07/sgt-peppers-lonely-hearts-club-band.html

Aleph
O filme em 8mm capta a energia dos anos 60, usando uma máquina Verifax da Kodak, são colagens de imagens embaralhadas de sinais, símbolos e imagens de ícones da época.


Um comentário:

  1. Muito bom esse blog. É o melhor que eu já entrei. Meus parabéns!

    ResponderExcluir